menino-olha-para-parede-escura

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) decidiu manter a liminar que determinou que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) conceda imediatamente o benefício assistencial à pessoa com deficiência para um menino diagnosticado com autismo e agressividade. O caso corria em recurso a pedid...