bandeiras-brasil-e-espanha--politicas-de-previdencia-social-tema-encontro-brasil-espanha

Políticas de Previdência Social: o envelhecimento populacional e o mercado de trabalho Encontro entre os governos do Brasil e da Espanha tratou dos efeitos das mudanças demográficas na Previdência Social

Encontro entre os governos do Brasil e da Espanha tratou dos efeitos das mudanças demográficas na Previdência Social

Na última segunda-feira (23), representantes dos governos do Brasil e da Espanha se reuniram para trocar informações sobre políticas de Previdência Social. O encontro ocorreu em Brasília/DF, na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e, entre os temas abordados, houve abordagens sobre o envelhecimento da população e os efeitos disso no mercado de trabalho.

A abertura do encontro contou com a participação de Narlon Gutierre, secretário-adjunto da Secretaria de Previdência do Ministério da Economia; José Manuel Pascual Garcia, ministro-conselheiro da Embaixada da Espanha no Brasil; e de Maria Dolores Segura de La Encina, conselheira de Trabalho, Migrações e Seguridade Social da Embaixada da Espanha.

No início do evento, Gutierre traçou um panorama do sistema de seguridade brasileiro e destacou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, a Nova Previdência: “Esse tipo de intercâmbio nos permite ver aquilo que está sendo feito e que já foi feito em outros países. A ideia é alinhar o Brasil a nações que tenham boas práticas em relação a sua seguridade social como um todo”.

O secretário-adjunto ressaltou a PEC 06/2019 como uma importante iniciativa para garantir a sustentabilidade da Previdência Social

Expectativa de vida

Para Maria Dolores, a maior preocupação da Espanha está na expectativa média de vida no país. Atualmente, a população espanhola apresenta uma média de aproximadamente 83 anos e, segundo a conselheira, em 2050 essa expectativa deve avançar para os 89 anos de idade.

“… Apesar de ser uma ótima notícia, temos a consciência de que isso afeta a economia do país. Por isso, a importância desse intercâmbio, para pensarmos em melhores políticas de seguridade social”, afirma Maria Dolores.

O encontro Brasil-Espanha faz parte da cooperação para assistência técnica e intercâmbio de informações entre os dois países.

Fonte: previdencia.gov.br

Leia também: